Atitudes lançadas em água corrente

Lamentável alguns vídeos que circulam pela Internet. Outro dia uma câmera flagrou uma senhora colocando um gato na lixeira. Agora há um vídeo em que uma garota supostamente lança seis filhotes de cachorro em um rio. Digo supostamente, pois prefiro acreditar que tamanha crueldade seja apenas resultado de uma simulação para ganhar audiência com esse vídeo, transformando-o assim em um novo viral.

De qualquer forma, é uma atitude condenável (ou ausência de atitude, como prefiram) tanto de quem lança ou simula lançar os filhotes quanto de quem gravou as imagens e as colocou no ar. Vale registrar que redes como Facebook e YouTube já removeram esses vídeos de suas plataformas, o que me parece, no mínimo, de bom senso. Outros sites, entretanto, ainda hospedam esse ato de crueldade, ainda que venha a ser identificado como uma farsa.

Tenho visto, como a maioria, o uso de redes sociais na Internet como algo positivo para a troca de conhecimentos e até para o apoio a campanhas de comunicação e marketing das organizações, mas é muito triste perceber o uso que algumas pessoas (são seres humanos mesmo?) destinam às redes. É só um registro. Jogar um gato em uma lixeira foi um flagrante de algo real, condenável, independentemente da força que a rede teve para divulgar tal ato. Esse “arremesso de filhotes” parece mais uma brincadeira – de extremo mau gosto, talvez com ‘trucagens’ de edição de imagens’-, mas verdadeiro ou falso, caberia uma punição severa a seus realizadores.

Anúncios

Tags:, ,

About Luiz Santiago

Profissional de Comunicação Corporativa e Marketing.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: