Tag Archive | cerveja

Anúncio em mídia impressa ajuda a gelar cerveja

Propaganda em meio impresso pode ir além da comunicação habitual. Para provar isso, a Ogilvy Brasil criou uma peça diferente para a marca de cerveja Glacial. Saindo do convencional, o anúncio veiculado em revista traz as instruções para ajudar a gelar a bebida em menos tempo. Basta enrolar a folha do anúncio em volta da garrafa, umedecer e por para gelar. O “truque” é possível porque a página é composta por sal, que acelera o resfriamento já que reduz o ponto de congelamento da água.

Glacial

Anúncios

Valendo uma cerveja

The McKinney Ten Percent, uma incubadora da agência norte-americana de publicidade, incentiva todos os seus funcionários a dedicar 10% do tempo para se concentrarem em novas aplicações de criatividade e tecnologia relacionadas ao negócio atual do cliente.

Um dos exemplos dessa iniciativa é esta ação para a fabricante de cervejas Big Boss Brewing. Resgatando o antigo jogo de fliperama (você viveu essa época?), aquele que vencer o seu adversário ganha na hora a cerveja para ser degustada.

Consciência na mesa

Quando é a hora de parar de beber? Talvez a bolacha onde você descansa o copo da cerveja possa lhe contar. Produção da W3 Filmes.

Curtiu? Pouco, muito ou demais?

Campanha da cerveja portuguesa Super Bock sugere mudança no botão “Curtir” do Facebook. De acordo com a proposta, é necessário intensificar o sentido do botão em três níveis para se apurar o feedback do usuário: good, great e super. Tem abaixo assinado e tudo, inclusive, é claro, página no Facebook.

Com informações do Meio e Mensagem.

Torcida inesperada

O mercado publicitário nos Estados Unidos esteve bastante aquecido na semana que passou. O motivo foi a disputa pelo espaço dos intervalos comerciais dos jogos do Super Bowl, a grande decisão do futebol americano, uma das maiores audiências do esporte mundial.

Entre as muitas produções que integraram esse momento, esteve o filme publicitário da Budweiser. Com o pretexto de produzir um documentário sobre ligas de hóquei, dois times regulares de Port Credit, Ontario (Canadá),  foram surpreendidos com torcidas e incentivos durante uma disputa. Em resumo: tratados como verdadeiros profissionais, os times tiveram a oportunidade de sentir a emoção e a energia dos grandes eventos esportivos.


Com informações do Blog da Redação – UOL Esporte.

Sem colarinho, por favor!

Uma tarja preta para veicular na TV uma bem-humorada versão do comercial da Devassa. Vamos aprender: decisão do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) não se discute e, sim, se repercute. Faço a minha parte. E aí a onda aumenta…

Loiras geladas

Na semana passada, a propaganda esteve em alta para a promoção de uma cerveja. Sob o tom “bem misteriosa”, a campanha do produto incluiu um comercial de TV em que uma loira, em ângulos que impediam a revelação de sua identidade, era fotografada por um rapaz que a observava de um apartamento em frente ao dela. Para aguçar ainda mais a curiosidade,  o filme publicitário terminava com o endereço www.bemmisteriosa.com.br:

Para o visitante, o site apenas mostrava o desenho de uma fechadura com uma parte da imagem da moça do comercial. A estratégia contemplou a rede social Twitter. Na prática, quanto mais ‘tweets’ com a hashtag ‘#bemmisteriosa’ o usuário postasse, maior ficaria a abertura da fechadura, aproximando a revelação da loira e do produto. 

Houve até quem adiantasse a data do setup do computador para observar os dias seguintes e a fechadura com um tamanho já maior. Deu certo, mas a identidade da loira e do produto não foi mostrada. A revelação que ocorreria somente no dia 12, foi antecipada à imprensa no dia 10, já que alguns blogueiros mataram a charada. A loira era Paris Hilton e a cerveja, a ‘Devassa – Bem Loura’ do Grupo Schincariol. Este é o filme exibido na sexta-feira, 12, no intervalo do Jornal Nacional:

Fora isso, a ‘Devassa – Bem Loura’  baixou como a cerveja oficial do sambódromo do Rio de Janeiro e de São Paulo. No Rio, teve direito até à presença da própria Paris Hilton que, para variar, já está hoje, na mídia, em cenas inusitadas de sua participação no camarote do patrocinador. É bom dizer: o rótulo leva a marca ‘Devassa – Bem Loura’, o que, a princípio, não deveria se confundir com a marca ‘Devassa’, cerveja artesanal, da própria Schin.

Aliás, as cervejarias Devassa seguem um sistema de franquia parecido com o da Brahma. É certo que a promoção da nova cerveja contribua para acelerar este modelo de negócios. Em tese, o público das cervejarias Devassa é A, AB, enquanto o da Brahma é A, B, C. Veja este vídeo da Exame de 2008:

Em tempo: vale lembrar que a popular Nova Schin tem bom desempenho na região nordeste, o que parece não acontecer no sudeste. A ‘Devassa – Bem Loura’ dá sinais, portanto, de disputar um mercado de consumidores com maior poder aquisitivo, com distribuição inicial no Rio e São Paulo.

Que tremenda fria…

Quando o assunto é cerveja, melhor dizer que é uma gelada. Pelo menos foi assim, na China, com temperatura abaixo de 34 graus, em dezembro passado. Por lá, cerveja é bom até para fazer algumas decorações com a bebida, no solo, aproveitando o congelamento imediato do líquido. E, de quebra, divulgar a marca Harbin. O resultado é até bacana, mas que é um desperdício, isso já nem se discute.